• Home
  • Posts
  • Rugas x tecnologia: por que enviar mensagens de texto envelhece seu pescoço?

Rugas x tecnologia: por que enviar mensagens de texto envelhece seu pescoço?

  • Comportamento
  • , Destaque
  • , Geral
  • , Saúde
3979

Estamos cada vez mais conectados e isso não dá para negar. Cada vez mais substituímos as ligações por mensagens de texto, especialmente por aplicativos, como o WhatsApp. Essas novas ferramentas fizeram com que criássemos hábitos e sem perceber inclinamos e enrugamos mais o pescoço e essa inclinação sobre o computador, tablete ou telefone celular tem aumentado a percepção e a formação de rugas na região do pescoço.

Pescoço de texto

Apesar de ser um termo engraçado, o pescoço de texto (também chamado de tech neck) é o fenômeno de dobras, rugas e flacidez que se desenvolvem no pescoço, por todas aquelas horas mexendo no celular, tablet ou computador durante um determinado dia.

E você deve estar pensando: “mas eu não passo tanto tempo no meu telefone!”
E eu digo: “Humm… Será?”

Pesquisas realizadas por Neilson e Pew Research Center, sugerem que pessoas fiquem conectadas, aproximadamente, mais de quatro horas por dia em seus dispositivos móveis. Então, o que você disse sobre não gastar tanto tempo no celular?

Isto não é um sermão sobre sua relação com a tecnologia, é apenas uma imersão no que se tornou o pescoço na era tecnológica. Não fique preocupado, nos absteremos de dar conselhos chatos como “pare de olhar para o seu telefone”.

A postura durante o envio de mensagens é realmente assim importante?

Seria bom se vivêssemos em um mundo onde nossa aparência não fizesse diferença em relação a como nos percebemos e aos outros? Sim, seria. Mas os efeitos do envelhecimento podem contribuir com a nossa autoestima e na forma como os outros nos olham.

Então, sim é importante. Porém, não é apenas a aparência exterior do pescoço que você deve se preocupar. Pode haver ramificações físicas em toda essa área do pescoço.

A cabeça humana pesa aproximadamente dez quilos, portanto, incliná-la continuamente para frente pode não só causar estragos repetitivos nas rugas do pescoço, mas também pode levar a uma séria tensão cervical.

 

O que você pode ser feito com o pescoço de texto?

Entre o despertador, lembretes, a construção de seu próximo tweet e assistir a vídeos de gatos durante aquelas longas chamadas de conferência relacionadas ao trabalho, não há realmente nenhuma chance de você colocar seu telefone de lado. Mas se a aparência de “pescoço de texto” é o que o mantém em baixo, os cirurgiões plásticos têm inúmeras técnicas para não deixar que seu pescoço se torne um guindaste.

 

Tratamentos não-invasivos para pescoço de texto

Tratamentos tópicos: para aqueles que observam os primeiros sinais de pescoço de texto, o uso regular de hidratante, protetor solar e um tratamento tópico contendo retinol pode ajudar a evitar que as linhas fiquem piores. Obs: a pele do pescoço tende a ser mais fina e pode ser mais sensível aos produtos do que o rosto. Esteja atento!

Injetáveis: alguns casos de pescoço de texto podem ser tratados com botox para relaxar a musculatura do pescoço, ou preenchimento dérmico para melhorar as linhas de expressão e torná-las menos perceptíveis. Mas meu tratamento preferido são os bioestimuladores! Eles produzem um efeito de espessamento da pele e melhora sutil da flacidez. Após uma consulta será possível avaliar se esses tratamentos podem ou não oferecer os resultados que você está procurando.

Ultrassom microfocado: a utilização de tratamentos não-invasivos pode ajudar a tratar o pescoço de texto, aproveitando a tecnologia de ultrassom em conjunto com a capacidade do corpo de se curar. Ao estimular as camadas profundas da pele, estes tratamentos contribuem no crescimento de elastina e colágeno que, por sua vez, podem reduzir a aparência de enrugamento em excesso e gradualmente levantar o pescoço e uma papada flácida. Os melhores resultados levam aproximadamente 3 meses e são recomendados múltiplas sessões.

Terapia a laser: Laser fracionadol (CO2) e IPL (Intense Pulsed Light) também estão sendo usados para tratar as dobras e rugas associadas ao pescoço de texto. Através do uso do calor, estes lasers são capazes de tratar rugas mais profundas sem danificar as camadas externas da pele. O laser danifica as células profundas da derme e a resposta natural de cura de seu corpo faz o resto. Isto também incentiva o crescimento de colágeno e elastina, resultando em um efeito de alisamento e elevação. Vale a pena discutir com seu médico se a tecnologia laser é uma opção para você.

Procedimentos cirúrgicos que tratam o pescoço de texto

Esses são os meu preferidos!

Lipoaspiração do pescoço com laser: A remoção do excesso de gordura do pescoço através da lipoaspiração pode ajudar a diminuir a dobra provocada pelo uso do aparelho. O fato de ser um procedimento ambulatorial com uma rápida recuperação e um tempo de inatividade mínima, faz dele uma boa opção para pacientes com boa flacidez de pele, mas pode não ser a escolha certa para aqueles que têm muita flacidez na área. A lipoaspiração também pode ser utilizada em conjunto com procedimentos cirúrgicos mais invasivos. O uso da lipo a laser diminui a formação de hematomas e melhora a retração da pele.

Cirurgia do pescoço: Também conhecido como lifting cervical ou cervicoplastia, este procedimento cirúrgico é usado para tratar rugas e flacidez moderada a avançada do pescoço e pacientes com um músculo platisma excessivo. Dependendo do tipo de elevação do pescoço que seu cirurgião recomendar, este procedimento pode apertar a pele e as faixas implícitas do pescoço, devolvendo seu pescoço à sua antiga glória de cisne. Como este é um procedimento cirúrgico, há mais tempo de repouso e recuperação, mas pode ser a melhor opção e lhe proporcionar o melhor e mais duradouro resultado.

Agora você sabe tudo o que precisa sobre o pescoço de texto. Mas se o excesso de enrugamento e flacidez associado a todo esse uso do telefone o está deixando para baixo, sugerimos que gire o pescoço em direção ao celular e marque uma hora para conversar conosco!

E agora, deixe o telefone um pouco de lado, encontre outros interesses e preserve seu pescoço!

0

Se gostou dessa postagem, clique no coração!

Colunista

Dra. June Favarin
Cirurgia Plástica
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Mestre em Cirurgia Plástica pela EPM-Unifesp. Pós-graduação no Hospital Albert Einstein

Siga-me

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Notícias relacionadas

5

min de leitura

3

min de leitura

Agende seu horário

Siga-nos no instagram

Utilize a hashtag #euebelvivere para sua foto aparecer aqui

Cirurgiões Plásticos em Criciúma

Nos acompanhe no Telegram

Clique aqui para ter acesso ao nosso diário de cirurgia plástica com conteúdos exclusivos

Belvivere no Spotify

Clique aqui e tenha acesso a dicas valiosas sobre cirurgia plástica

Belvivere Cirurgia Plástica em Criciúma. Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por Drift Web

whatsapp-icon