Entenda como a ninfoplastia pode te ajudar!

  • Tudo sobre cirurgia íntima
  • , Sem categoria
cirurgia-intima-ninfoplastia

Veja como é feita a cirurgia íntima mais escolhida entre as mulheres

Você já pensou em diminuir os pequenos lábios da sua região íntima? É cada vez maior o número de mulheres que procuram por esse procedimento denominado ninfoplastia, ou labioplastia. Para ter ideia, dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS) apontaram que em 2016 cerca de 138 mil mulheres se submeterem à intervenção na vagina.

Na maioria dos casos, essa busca tem finalidades estéticas, para se livrar da insegurança com relação a aparência da genitália durante as relações sexuais. No entanto, existem casos mais complexos por se tratarem da parte funcional, mas que também podem recorrer a essa solução.

Mas, o que será que essa cirurgia pode ajudar? Como é feita? Quais cuidados devem ser tomados após sua realização? Essas e outras respostas estão neste artigo, bem como os detalhes do procedimento. Confira a seguir!

Afinal, o que é a ninfoplastia?

A ninfoplastia corresponde a cirurgia plástica para deixar a genitália externa feminina esteticamente agradável, diminuindo o tamanho, corrigindo assimetrias ou outros problemas nos pequenos lábios, como o seu escurecimento.

Além disso, pode ter indicação médica. Em casos que a paciente possui a região muito volumosa, ultrapassando 4 a 5 cm de largura, pode gerar dores na relação sexual ou mesmo incômodos na prática de exercícios físicos e ao usar roupas apertadas.

Como é feito o procedimento?

Antes de se submeter ao procedimento, a mulher precisa passar por uma consulta avaliativa para saber se os lábios são realmente anormais e se há necessidade de retirar o excesso.

Na prática, a ninfoplastia é feita tradicionalmente em um centro cirúrgico com anestesia local e sedação, ou a laser na clínica, apenas com anestesia local. Em ambas as técnicas, o médico retira a parte excessiva e reconstrói as estruturas, portanto, o resultado é igual, embora a cirurgia à laser ofereça um pós-operatório mais confortável.

Quando é realizada na clínica, é utilizada uma ponteira cirúrgica do laser de CO2, que permite a cauterização dos vasos à medida em que são retirados. Isso significa menos sangramento e torna o pós-operatório mais confortável, sem muito inchaço e menor risco de hematomas.

A cirurgia dura em média de 40 minutos a 1h30 e é finalizada com uma sutura em fios absorvíveis, que caem sozinhos após 30 dias. Com tudo concluído, a paciente é liberada algumas horas após o procedimento e não há necessidade de internação.

Como é a recuperação da ninfoplastia?

O pós-operatório da cirurgia é tranquilo. Entretanto, é recomendado ficar em casa nos 7 primeiros dias, até que a fase inicial da cicatrização tenha finalizado. É importante respeitar esse tempo para que a região não inche expressivamente.

Como em qualquer outra intervenção, é necessário tomar antibióticos preventivos e analgésicos em caso de dor, mas a grande maioria das mulheres não sente desconforto. Além disso, deve-se aplicar compressas frias sobre a região para diminuir e evitar os inchaços.

A higienização deve ser seguida com rigor, mantendo a vagina limpa e seca. Após usar o banheiro, é aconselhável lavar o local com água ou soro fisiológico com uma solução antisséptica em uma gaze limpa. Esse cuidado deve ser feito durante 7 dias a cada ida ao banheiro.

Vale mencionar que a mulher precisa esperar cerca de 30 dias para retornar às relações sexuais e 15 dias a fazer atividades físicas mais leves. Ainda, não pode utilizar roupas justas ou tomar banho de mar ou piscina por 30 dias.

Embora a recuperação varie em cada paciente, o resultado pode ser visto completamente em cerca de 6 meses, pois é o momento em que a cicatrização está totalmente finalizada e é possível visualizar melhor a parte íntima. Porém, cerca de 2 meses depois já é possível observar 80% do resultado.

A insatisfação com a aparência dos órgãos genitais é algo comum e a ninfoplastia tem sido a solução de muitas mulheres para voltar a ter qualidade na vida sexual. Por isso, se você sofre com esse problema, não deixe de procurar por um especialista para fazer uma avaliação.

 

0

Se gostou dessa postagem, clique no coração!

Colunista

Dra. June Favarin
Cirurgia Plástica
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Mestre em Cirurgia Plástica pela EPM-Unifesp. Pós-graduação no Hospital Albert Einstein

Siga-me

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Notícias relacionadas

Agende seu horário

Siga-nos no instagram

Utilize a hashtag #euebelvivere para sua foto aparecer aqui

Cirurgiões Plásticos em Criciúma

Nos acompanhe no Telegram

Clique aqui para ter acesso ao nosso diário de cirurgia plástica com conteúdos exclusivos

Belvivere no Spotify

Clique aqui e tenha acesso a dicas valiosas sobre cirurgia plástica

Belvivere Cirurgia Plástica em Criciúma. Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por Drift Web

whatsapp-icon