Blefaroplastia: saiba tudo sobre a cirurgia palpebral

  • Beauty tudo
  • , Destaque
1d2893_9656393db78c475e86c009a2baf96ddb_mv2_d_6948_3723_s_4_2

Chega um momento em que até a pele ao redor dos olhos começa a ficar flácida e apresentar bolsas de gordura. Essa flacidez nas pálpebras deixa os olhos com o aspecto cansado e envelhecido, mas como corrigir isso?

Um procedimento que traz inúmeros benefícios para o olhar é a Blefaroplastia. Nesse artigo vamos te falar tudo o que você precisa saber sobre essa cirurgia que rejuvenesce o olhar e melhora sua expressão facial.

Tudo o que você precisa saber sobre Blefaroplastia

A cirurgia de Blefaroplastia é um procedimento que é utilizado para retirar o excesso de pele na pálpebra superior e inferior, eliminando a flacidez, inchaços e bolsas sob os olhos. 

Apesar de diminuir as linhas de expressão e as rugas nas pálpebras, essa cirurgia não retira as rugas conhecidas como “pés de galinha”, nesse caso é indicado a aplicação de toxina botulínica.

A Blefaroplastia é indicada nos casos de ptose, que é quando a pálpebra sofre uma queda devido a causas musculares, ou quando há pseudoptose palpebral, que é a queda da pálpebra por excesso de pele.

Um procedimento que tem sido bastante procurado é a Blefaroplastia a laser de CO2. O laser CO2 é utilizado para cortar a pele e ao mesmo tempo cauterizar os vasos, por isso, o procedimento pode ser mais rápido, com menos hematomas e inchaço no pós-operatório. 

Além disso, o laser de CO2 possibilita o tratamento da pele da pálpebra com melhora do tônus e da textura da pele em toda região em torno dos olhos.

Para pacientes que possuem bolsas de gordura abaixo das pálpebras inferiores sem associação de flacidez, é indicada a Blefaroplastia Transconjuntival. 

A Transconjuntival é uma cirurgia realizada através de uma incisão na parte interna da pálpebra inferior, removendo a gordura das bolsas, sem deixar cicatrizes na parte externa da pálpebra.

Como é feito o procedimento e para quem é indicado?

A Blefaroplastia é uma cirurgia realizada em uma a duas horas e, normalmente o paciente é liberado para o retorno ao trabalho após uma semana.

Antes de iniciar o procedimento, o paciente tem as linhas, onde serão feitas as incisões, demarcadas para que acompanhem o formato natural dos olhos e as cicatrizes decorrentes da cirurgia possam ficar escondidas nas dobras naturais da pele, ficando menos aparentes e mais discretas. Para a realização dessa cirurgia é administrado uma sedação antes da aplicação da anestesia local.

O objetivo dessa cirurgia é retirar e redistribuir a gordura das pálpebras, além de retirar o excesso de pele e músculos. De acordo com o que é indicado pelo cirurgião, essa cirurgia pode ser realizada nas pálpebras inferiores e superiores ou, dependendo do caso, somente em uma das pálpebras.

Nas pálpebras superiores, o cirurgião faz pequenas incisões na membrana chamada septo orbital, chegando assim nos depósitos de gordura. Através dessa incisão é removido tanto a gordura como uma camada de pele para chegar ao resultado esperado.

Essa cirurgia geralmente é indicada para pacientes com idade acima de 30 anos, que já estejam com sinais de envelhecimento na região ocular, para pacientes que apresentam ptose na pálpebra, pseudoptose e, também, para casos de xantelasmas.

A Blefaroplastia rejuvenesce apenas o olhar, mas pode ser combinada com outros procedimentos faciais para complementar os resultados. Os procedimentos mais comuns de serem associados à Blefaroplastia são a aplicação de Botox, lifting facial e a rinoplastia.

Cuidados Pós-operatórios

Após a cirurgia de Blefaroplastia, o paciente fica internado por cerca de 3 a 6 horas até passar o efeito da sedação e ser avaliado pelo cirurgião para receber alta.

Nos primeiros dias após a cirurgia, a região dos olhos pode apresentar um pouco de ardor, por isso é recomendado o uso de analgésicos prescritos pelo cirurgião. 

Nos primeiros três dias é comum o inchaço e equimose, por isso é importante fazer compressas geladas, dormir com travesseiros mais altos e fazer drenagem linfática para diminuir os sintomas.

Seguindo as recomendações do cirurgião, é possível retornar ao trabalho e a outras atividades normalmente entre 3 dias a uma semana após a cirurgia, dependendo da recuperação do paciente.

O resultado definitivo da Blefaroplastia pode variar de acordo com cada paciente, dependendo dos cuidados pós-operatórios, mas normalmente os resultados esperados já são visíveis após um mês da realização do procedimento.

Valor da cirurgia de Blefaroplastia

Uma das perguntas mais frequentes em nossas redes sociais é quanto custa a cirurgia de Blefaroplastia. Por determinação do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), não é permitido a divulgação de valores dos procedimentos estéticos, plásticas e cirurgias em sites da internet.

Para saber o valor de um procedimento é necessário o agendamento de uma avaliação presencial, onde você poderá tirar todas as suas dúvidas e saber o procedimento mais indicado para o seu caso.

Após a análise da solicitação da paciente e a escolha da cirurgia mais indicada, a fim de gerar os resultados esperados, é explicado todos os custos e cuidados relacionados ao pré-operatório, a cirurgia em si e o pós operatório, além das formas de pagamento disponibilizadas na clínica.

Se você deseja saber se esse procedimento é o mais indicado para o seu caso, entre em contato conosco e agende uma consulta para saber mais sobre a cirurgia de Blefaroplastia.

1

Se gostou dessa postagem, clique no coração!

Colunista

Dra. June Favarin
Cirurgia Plástica
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Mestre em Cirurgia Plástica pela EPM-Unifesp. Pós-graduação no Hospital Albert Einstein

Siga-me

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Notícias relacionadas

6

min de leitura

4

min de leitura

5

min de leitura

Agende seu horário

whatsapp-icon