Mastopexia com Prótese

  • Beauty tudo
  • Blog da mama
Video 2

Na Belvivere, realizamos praticamente todos os casos de mastopexia com prótese com a técnica de ALÇA MUSCULAR LATERAL.
Nesta técnica a prótese é colocada em plano submuscular, preservando uma faixa de músculo peitoral na sua porção inferior e lateral com intuito de oferecer maior apoio ao implante, diminuindo risco de deslocamento lateral e para baixo.

O uso da alça muscular em implantes mamários torna os resultados mais previsíveis e estáveis a longo prazo.
As melhores candidatas a essa técnica são mulheres com pouco volume mamária, sem quedas muito acentuados da aréola e do mamilo; mulheres que já tem o implante e desenvolveram flacidez nas mamas também respondem muito bem a essa técnica.

Os pontos negativos do uso da alça são
maior agressividade da cirurgia pois mobiliza a musculatura, nível de dor pouco mais alto no pós operatório e, caso a paciente possua muito volume mamário, uma parte deve ser retirada pois pode ocorrer queda da glândula mamária na frente do implante (conhecido como efeito em cascata, dupla bolha ou até “nariz do Snoopy” – Snoopy noose effect).
dificuldade de amamentação em futura gestação

O resultado final da cirurgia demora de 6 meses a 1 ano para ser visualizado.

Colunista

Dra. June Favarin
Cirurgia Plástica
Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Mestre em Cirurgia Plástica pela EPM-Unifesp. Pós-graduação no Hospital Albert Einstein

Siga-me

Compartilhe:

Notícias relacionadas

Agende seu horário

Siga-nos no instagram

Utilize a hashtag #euebelvivere para sua foto aparecer aqui

[insta-gallery id="2"]
Cirurgiões Plásticos em Criciúma

Nos acompanhe no Telegram

Clique aqui para ter acesso ao nosso diário de cirurgia plástica com conteúdos exclusivos

Belvivere no Spotify

Clique aqui e tenha acesso a dicas valiosas sobre cirurgia plástica

Belvivere Cirurgia Plástica em Criciúma. Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por Drift Web

whatsapp-icon