Abdominoplastia

Remove o excesso de gordura e pele criando um perfil abdominal mais suave e tonificado.
Cirurgia plástica abdominal

Entenda o procedimento

Entenda mais sobre um dos procedimentos mais procurados da atualidade.

A abdominoplastia remove a gordura localizada, excesso de pele, tonifica o abdômen e até retira as estrias localizadas abaixo do umbigo.
Ao contrário do que muitos pensam, a abdominoplastia ou dermo lipectomia de abdômen não é um procedimento novo, a primeira cirurgia deste gênero foi realizada em 1899 para a correção do abdômen em avental.
De lá para cá, a técnica foi aprimorada e hoje dispomos de várias técnicas para a melhora dessa região. As mais realizadas e conhecidas são a lipo abdominoplastia e a mini abdominoplastia.

Lipoabdominoplastia

É a técnica mais realizada na Clínica Belvivere.
Trata-se da associação da lipoaspiração com a abdominoplastia. Ela é indicada para pessoas que gordura localizada no abdômen, além da frouxidão muscular e do excesso de pele.

Miniabdominoplastia

Em casos de pacientes que tem alterações apenas na região abaixo do umbigo é possível realizar uma variação mais simples da cirurgia de abdominoplastia, neste caso a incisão e a quantidade de pele retirada são menores.

O umbigo permanece como está, e a musculatura não é fechada. A mini abdominoplastia é frequentemente associada à lipoaspiração de todo o abdômen e da cintura para um resultado mais completo.

O abdômen clássico é semelhante à lipo abdominoplastia, porém sem a realização de lipoaspiração.

A abdominoplastia em âncora e a abdominoplastia reversa são técnicas de exceção com indicação bastante restrita.

Drenos na Abdominoplastia

PRECISA COLOCAR DRENOS na cirurgia de ABDOMINOPLASTIA ?

Muitos pacientes perguntam se terão que usar de drenos no pós operatório de uma cirurgia plástica abdominal.

Na Belvivere drenos no abdômen praticamente não são mais utilizados, sendo indicados apenas em casos de exceção. Isso foi possível graças a associação da lipoaspiração à plástica abdominal e a realização de pontos de adesão.

Pontos de adesão são suturas realizadas entre a pele descolada e a musculatura da parede abdominal. Eles evitam que haja acúmulos de líquidos abaixo da pele, além de diminuir a tensão e a tração na cicatriz resultante da cirurgia.

Como fica o umbigo

Como fica o UMBIGO após a ABDOMINOPLASTIA ?

É comum que surjam dúvidas sobre como ficará o umbigo após uma plástica abdominal.

A exceção da mini abdominoplastia, em que não há necessidade de mexer no umbigo , em todas as outras técnicas de abdominoplastia é necessário confeccionar um novo umbigo, usando a base do umbigo anterior.

A técnica adequada posiciona a cicatriz no fundo do umbigo por meio de pontos de ancoragem à musculatura e suturas sem tensão. esses pontos permitem que a pele do abdômen desça e seja fixada na base do umbigo. Com esta técnica a cicatriz fica praticamente imperceptível, pois fica posicionada no fundo do umbigo e não na sua superfície.

Diástase abdominal

ABDOMINOPLASTIA corrige DIÁSTASE ABDOMINAL?

Trata-se da separação dos ventres musculares entre os 2 lados do reto abdominal. Ela é comum em mulheres após a gravidez e em ambos os sexos após grandes emagrecimentos.

Essa diástase pode ter várias formas, dependendo da anatomia de cada paciente e de sua causa. A principal forma de correção dessa alteração é o fechamento da musculatura realizado na cirurgia de abdominoplastia.

O diagnóstico da diástase é feito por meio de um exame físico que geralmente constata uma separação entre os músculos maior do que 2,0 cm. A realização de atividade física é uma grande aliada na melhora desse quadro, porém diastases mais amplas terão indicação de tratamento cirúrgico.

A correção da diástase abdominal, além de melhorar

Abdominoplastia x Peso

A ABDOMINOPLASTIA pode ser feita por pessoas acima do peso?

Na verdade a melhor indicação para essa cirurgia são pacientes com peso normal ou próximo dele – ou seja um índice de massa corporal entre 20 e 25. geralmente ela não deve ser realizada se o índice de massa corporal estiver acima de 30, pois a obesidade aumento os riscos de complicação e piora os resultados estéticos .

Em alguns casos quando há a presença de dobras de pele no abdômen que causam desconforto e constrangimento para o paciente , a cirurgia pode ser indicada para melhorar a qualidade de vida do paciente.

Estomago Alto

O que é “ESTÔMAGO ALTO” ?

“Estômago alto” é como as pessoas comumente chamam aquele abaulamento que acontece na região acima do umbigo, e que produz um aspecto assimétrico e inestético ao abdômen. Ele geralmente é multifatorial e pode ser causado por um biotipo desfavorável , excesso de frouxidão muscular, acúmulo de gases, e principalmente pelo excesso de gordura visceral.

Gordura visceral é a aquela gordura que fica dentro do abdômen, e não pode ser retirada com lipoaspiração!

Esse tipo de gordura intra abdominal não é corrigida na cirurgia de abdominoplastia e só melhora com perda de peso. Oriento sempre as pacientes que independente do que cause essa alteração haverá melhora com a cirurgia, mas não uma correção completa do problema; por isso a melhor opção é sempre operar próximo do peso ideal.

Candidatos a Abdominoplastia

Sou um BOM CANDIDATO á ABDOMINOPLASTIA ?

Para que você se candidate a uma abdominoplastia é necessário:

  • A realização de exames pré-operatorios
  • Estar com boa condição de saúde
  • Parar o uso de anticoncepcionais
  • Parar tabagismo
  • Estar com o pêso normal (IMC entre 20-25)

Anestesia

Qual o tipo de ANESTESIA para abdominoplastia ?

A anestesia utilizada na cirurgia de abdominoplastia é uma associação de sedação e peridural.

O paciente dorme durante todo o procedimento anestésico e durante toda a anestesia. O procedimento leva em média 2:30 horas.

Cuidados pós operatórios

CUIDADOS PÓS-OPERATÓRIOS da cirurgia de abdominoplastia.

O tempo de recuperação varia de 1 ou 2 meses.

O paciente poderá voltar ao trabalho após 15 dias, e será orientado sobre a melhor posição para caminhar e dormir durante a fase incial da recuperação.

O uso de malhas compressivas é recomendado por 60 dias. Já o resultado final demora de 6 meses a 1 ano.

Siga-nos no instagram

Utilize a hashtag #euebelvivere para sua foto aparecer aqui

Cirurgiões Plásticos em Criciúma

Nos acompanhe no Telegram

Clique aqui para ter acesso ao nosso diário de cirurgia plástica com conteúdos exclusivos

Belvivere no Spotify

Clique aqui e tenha acesso a dicas valiosas sobre cirurgia plástica

Belvivere Cirurgia Plástica em Criciúma. Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por Drift Web

whatsapp-icon