Mastopexia sem Prótese em Criciúma

Reposiciona a aréola e o tecido mamário, removendo o excesso de pele e comprimindo o tecido para compor o novo contorno da mama.

O procedimento

Os seios muitas vezes mudam com o tempo, perdendo sua forma jovem e firmeza. Estas alterações e perda da elasticidade da pele podem ocorrer devido a gravidez, amamentação, oscilações de peso, envelhecimento, gravidade e hereditariedade.

Comumente referida como cirurgia de lifting de mama, a MASTOPEXIA reposiciona a aréola e o tecido mamário, removendo o excesso de pele e remodela o tecido mamário para compor o novo contorno da mama.

A mastopexia é comumente associada á enxerto de gordura com o objetivo de melhorar, a forma, aumentar volume, simetrização e para criar o efeito de mamas mais juntas. Este procedimento é conhecido como MAMOPLASTIA HÍBRIDA.

A mastopexia está indicada para mulheres que apresentam flacidez e QUEDA DAS MAMAS em função do envelhecimento, grande variação do peso ou amamentação.

  • Mulheres com os seios totalmente desenvolvidos ( ideal acima de 18 anos).
  • Quando os mamilos se posicionam abaixo do sulco da mama.
  • Mamilos e aréolas apontam para baixo.
  • Pele flácida e aréolas alargadas.
  • Uma das mamas é mais baixa que a outra ou com algum tipo de assimetria.
  • Pacientes com atitude positiva e expectativa realista do resultado cirúrgico.
  • Pacientes determinados a seguir as recomendações do cirurgião plástico.
  • Mulheres com disponibilidade e tempo não só para a cirurgia, mas também para o período de recuperação.

 

Como é feita a cirurgia

Muitas pacientes não sabem que a maioria dos casos de mamoplastia não precisa de implantes de silicone!

As incisões geralmente tem o formato de T invertido, que pode ser mais comprida ou curta dependendo da quantidade de pele que será retirada.

A cirurgia dura, em média, 2,5 horas e é realizada com anestesia geral e sedação. A paciente poderá retornar para casa no mesmo dia.

Pós-operatório da cirurgia de mastopexia é bem tranquilo. Há pouca dor e inchaço, que geralmente melhora após 15-30 dias. Via de regra a paciente é liberada para retornar ao trabalho após 1 semana, levantar os braços após 30 dias e praticar atividade física após 60 dias.
Importante lembrar que gravidez, perda de peso e menopausa podem influenciar na aparência dos seios submetidos à cirurgia.

O uso de malha cirúrgica é obrigatório por um período de 60 dias. Ele deve ser usado de forma contínua, retirado apenas para o banho. Com a aplicação da cola cirúrgica, o banho pode ser tomado já no dia seguinte da cirurgia e a área operada pode ser molhada sem problemas. Não há necessidade de maiores cuidados, nem troca de curativo.

A cola é retirada na clínica após 15-30 dias.

A mastopexia pode ser realizada isoladamente,ou combinada com outras cirurgias corporais como a ABDOMINOPLASTIA e a LIPOASPIRAÇÃO . Esse tipo de associação é bastante solicitada pelas pacientes e é chamada de CIRURGIAS COMBINADAS.

Mamoplastia Hibrida

Chamamos de mamoplastia híbrida, a associação do enxerto de gordura à cirurgia de mamoplastia. A gordura é indicada quando queremos

  • Melhorar a cobertura dos implantes, no caso de pacientes muito magras.
  • Atenuar pequenas assimetrias de forma e volume entre as mamas
  • Criar o efeito de mamas mais juntinhas

Siga-nos no instagram

Utilize a hashtag #euebelvivere para sua foto aparecer aqui

[insta-gallery id="2"]
Cirurgiões Plásticos em Criciúma

Nos acompanhe no Telegram

Clique aqui para ter acesso ao nosso diário de cirurgia plástica com conteúdos exclusivos

Belvivere no Spotify

Clique aqui e tenha acesso a dicas valiosas sobre cirurgia plástica

Belvivere Cirurgia Plástica em Criciúma. Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por Drift Web

whatsapp-icon